Mais um streaming aumenta a mensalidade: entenda

Os salários não conseguem acompanhar a subida de preços de mensalidades de serviços de streaming. Um dos mais queridos e acessados pelos brasileiros acaba de anunciar novo aumento de preços e você precisa preparar o bolso se quiser manter sua assinatura.

Foto: Canva

Pacote de Vantagens em Alta: Mais de 30% de Aumento

A gigante do comércio eletrônico, Amazon, surpreendeu seus assinantes ao anunciar um aumento de mais de 30% na mensalidade do Amazon Prime. Este pacote, que engloba serviços como Prime Video, Amazon Music, Prime Reading, além de entrega gratuita e mais rápida para produtos selecionados, agora custará R$ 19,90 por mês, deixando para trás os R$ 14,90 anteriores.

Para aqueles que optam pela assinatura anual, a mudança é significativa, passando de R$ 119 para R$ 166,80. Este é o segundo reajuste nos preços do Prime no Brasil desde o seu lançamento em 2019, com a última atualização ocorrendo em maio de 2022.

Veja também:

Mudanças de Preço e Datas Cruciais

A partir de 8 de março, os novos valores serão aplicados para novos assinantes. Aqueles que já possuem a assinatura com o valor antigo sentirão a mudança apenas a partir de 7 de abril, quando o preço será atualizado automaticamente. Para quem busca economizar, a opção de mudar para a assinatura anual com o preço anterior é viável, garantindo um desconto de 33%.

Amazon Prime: Mais que Entrega Rápida

O Amazon Prime, além de oferecer entrega rápida e gratuita em produtos selecionados, é uma assinatura digital repleta de benefícios. Destacam-se o Prime Video, que traz séries e filmes exclusivos como “Fleabag”, “The Boys” e o recente “Sr. e Sra. Smith”. O pacote ainda inclui o serviço de streaming musical Amazon Music, e o Prime Reading, que disponibiliza uma variedade de livros e revistas sem custo adicional.

Competitividade no Mercado de Streaming

Mesmo com o aumento para R$ 19,90 mensais, o Prime Video ainda se mantém como uma opção mais acessível se comparado a outros serviços de streaming. Por exemplo, o plano mais simples da Netflix, com anúncios, custa R$ 18,90, enquanto o HBO Max e o Disney+ são ainda mais caros, respectivamente, R$ 34,90 e R$ 33,90. O GloboPlay, por sua vez, sai por R$ 24,90 por mês.

A decisão da Amazon de aumentar os preços do Prime Video certamente gerou impacto entre os assinantes. Com a competição acirrada no mercado de streaming, resta observar como essa mudança influenciará a escolha dos consumidores em busca do melhor custo-benefício.

você pode gostar também