Jonathan Majors fala pela primeira vez após condenação

Em uma reviravolta impactante, Jonathan Majors, conhecido por seus papéis na Marvel, quebrou o silêncio em sua primeira entrevista desde o veredicto que o considerou culpado de agressão e assédio contra sua ex-namorada, Grace Jabbari. 

O ator expressou choque e medo diante da decisão do júri, revelando detalhes emocionais sobre sua versão dos eventos. A seguir, mergulharemos nas revelações de Majors, suas consequências profissionais e o drama pessoal que o acompanha.

Jonathan Majors quebra o silêncio pós-condenação, revelando sua perspectiva dos fatos, reflexões e planos para o futuro.
Jonathan Majors (YouTube/Reprodução)

A revelação de Majors 

Na entrevista à ABC News, Jonathan Majors compartilhou sua incredulidade diante do veredicto misto, que o considerou culpado de agressão imprudente, mas o absolveu de acusações mais graves. O ator, visivelmente emocionado, afirmou que planeja apelar da decisão enquanto aguarda a sentença.

Sou realmente abençoado. Estou cercado por pessoas que me amam, que se preocupam comigo. Mas isso tem sido muito, muito, muito difícil, e muito difícil, e confuso em muitos aspectos. Mas estou de pé.

Majors, que se recusou a testemunhar durante o julgamento, expressou o desejo de contar sua versão da história como parte do processo de cura. Entre lágrimas, revelou que não tem visto sua filha desde o caso.

Tudo meio que desapareceu. E sou só eu agora, você sabe, e minha adorável, você sabe, parceira, [atriz] Meagan [Good], e meus cachorros.

A controvérsia em torno das declarações

As declarações de Majors geraram críticas rápidas da advogada de sua ex-namorada, Brittany Henderson, que acusou o ator de não assumir responsabilidade por suas ações. O momento escolhido para as declarações também levantou questionamentos sobre o suposto remorso de Majors.

O momento dessas novas declarações demonstra uma clara falta de remorso pelas ações pelas quais ele foi considerado culpado e deve tornar as decisões de condenação bastante fáceis para o tribunal, afirmou a advogada. 

A advogada Henderson destacou a falta de clareza e expressou que as novas declarações não demonstram remorso pelo qual foi condenado.

Questionado sobre os ferimentos de Jabbari, Majors afirmou que não sabia como ocorreram:

Gostaria de Deus saber. Isso me daria clareza, me daria algum tipo de paz sobre isso. Fui imprudente com o coração dela, mas não com o corpo. Sou um atleta. Eu sou um esportista. Eu conheço meu corpo. Eu sei como isso se move. Eu conheço a minha força, ou a falta dela, sabe? Nada disso foi empregado nela.

Leia mais:

Impacto profissional

A decisão de culpabilidade teve repercussões significativas na carreira de Jonathan Majors. A Marvel o dispensou de futuros papéis, incluindo o aguardado papel de Kang em “Vingadores: Dinastia Kang” e na série “Loki“. Sua empresa de gestão também o dispensou, e o exército dos EUA proibiu anúncios de recrutamento com o ator.

Confira a entrevista completa:

Majors compartilhou o impacto profundo dessas decisões em sua vida, descrevendo como se o mundo tivesse parado. O ator, no entanto, mantém a esperança de um retorno às produções de Hollywood, atribuindo a decisão ao plano e tempo de Deus.

Majors deverá ser sentenciado em fevereiro, quando enfrentará a perspectiva de até um ano de prisão pela condenação por agressão. A condenação por assédio acarreta uma sentença potencial de 15 dias de prisão e multa de US$ 250.

O que esperar após a queda de Jonathan Majors?

Jonathan Majors enfrenta um momento desafiador, com a condenação iminente e as consequências devastadoras em sua carreira. Este capítulo tumultuado continua a levantar questões sobre responsabilidade, remorso e a complexidade das relações pessoais. 

A saga de Majors serve como um lembrete dos desafios enfrentados pelos ícones da indústria do entretenimento e as repercussões que ecoam além das telas. Enquanto esperamos para entender como as coisas podem evoluir tanto no futuro imediato quanto em um longo período, ficamos com as dúvidas sobre  a substituição de Jonathan Majors no universo cinematográfico da Marvel. 

você pode gostar também