Jon Cryer e Charlie Sheen podem refazer Two and a Half Men? A resposta é esta:

Two and a Half Men, uma das queridinhas séries de comédia dos EUA, pode não ter um retorno triunfante, segundo Jon Cryer, que interpretou Alan Harper. Mesmo com a reconciliação entre Charlie Sheen e Chuck Lorre, o ator descartou a possibilidade de participar de um reboot, revelando razões inesperadas.

Foto: Reprodução/Redes Sociais

Charlie Sheen e Chuck Lorre: Uma Reconciliação Necessária

Em uma entrevista recente ao programa The View, Jon Cryer abordou a especulação sobre um possível reboot de Two and a Half Men. Ao ser questionado sobre um retorno à série, Cryer expressou incerteza e destacou o positivo reencontro entre Charlie Sheen e Chuck Lorre, o criador da série.

“Oh meu Deus, não sei como isso aconteceria [reboot da série]. O fato é que Charlie está muito melhor agora, o que é maravilhoso. Ele e eu não nos falamos há alguns anos, mas ele está muito melhor, o que obviamente me deixa feliz”, afirmou Cryer.

Cryer também compartilhou insights sobre a reconciliação entre Sheen e Lorre, destacando o impacto emocional que a separação teve para o criador da série. “Chuck Lorre, que produziu Two and a Half Men… uma das coisas mais difíceis para ele quando Two and a Half Men se desfez da forma que aconteceu é que ele realmente pensou que era amigo de Charlie. E quando ele perdeu isso foi muito difícil para ele. É realmente adorável que eles tenham se reconciliado”, disse o ator.

As Sombras do Passado: Sheen e a Dificuldade de um Reboot

Apesar da reconciliação e do aparente clima amigável, Cryer descartou firmemente a possibilidade de participar de um reboot. A razão? A forma explosiva como Sheen quase implodiu a série durante sua briga com Lorre.

“A questão para mim é que, quando Two and a Half Men estava em exibição, Charlie era o ator mais bem pago da televisão – provavelmente de todos os tempos. E não houve ninguém que superasse a enorme quantidade de dinheiro que ele ganhava. E ainda assim ele destruiu tudo. Então você tem que pensar: eu o amo, desejo-lhe o melhor e que ele viva com boa saúde pelo resto da vida, mas não sei se quero fazer negócios com ele por um bom tempo”, explicou Cryer.

O Legado de Two and a Half Men e o Futuro Incerto

Com 262 episódios ao longo de 12 temporadas, Two and a Half Men marcou época na TV. O drama nos bastidores, culminando na saída de Sheen e na entrada de Ashton Kutcher, fez com que a série tomasse caminhos inesperados. Jon Cryer, o único membro do elenco original a permanecer até o final, revela que algumas feridas são difíceis de serem cicatrizadas, deixando um possível reboot ainda mais distante.

Leia mais:

você pode gostar também