Aumento nos preços dos streamings: as melhores opções para o seu bolso

Em um cenário de constante evolução no universo dos streamings, o reajuste dos preços torna-se uma realidade a ser enfrentada pelos assinantes. Recentemente, a Amazon Prime Video anunciou um aumento em seus planos, evidenciando uma tendência que já havia sido observada em maio de 2022. Mas, mesmo com as mudanças nos valores, a febre pelo streaming persiste, e os brasileiros continuam a aderir a múltiplas plataformas.

Foto: Canva

Amazon Prime Video: Novos Valores e Impactos

Nesta quinta-feira (8/2), a Amazon Prime Video surpreendeu seus usuários ao aumentar novamente o preço de suas assinaturas. O plano mensal, que antes custava R$ 14,90, agora atinge R$ 19,90, enquanto a opção anual passa de R$ 119 para R$ 166,80. Esse movimento, entretanto, não é isolado, visto que outras plataformas também passaram por ajustes recentes.

Leia mais:

Diversidade de Opções: Dos Clássicos às Novidades

Enquanto os preços sobem, a diversidade de opções para os amantes de streaming cresce exponencialmente. O MUBI, dedicado aos apaixonados por cinema clássico, oferece um catálogo repleto de filmes antigos e obras que estreiam em festivais cult. O preço, embora superior a alguns concorrentes, pode ser justificado pela qualidade do conteúdo, com valores de R$ 29,90 mensais ou R$ 214,80 anuais.

Os Gigantes do Streaming no Brasil

Com a pandemia impulsionando o consumo de conteúdo online, as plataformas consolidam-se no Brasil. A Netflix, presente desde 2011, experimentou um boom de popularidade em 2013 com House of Cards, e atualmente oferece opções de assinatura a partir de R$ 25,90. A Amazon Prime Video, disponível desde 2019, oferece benefícios adicionais aos assinantes do pacote Amazon, com valores de R$ 9,90 mensais ou R$ 89 anuais.

A HBO Max, da Warner Bros, entra na competição com conteúdos dos estúdios DC, Cartoon Network e HBO. A assinatura segue diferentes planos mensais. A Globoplay, pertencente à Rede Globo, oferece uma variedade de conteúdos brasileiros e internacionais desde 2015. Enquanto isso, a Disney+ e a Apple TV+ apresentam-se com propostas distintas, cada uma com seu preço acessível.

Planejando o Orçamento: Quanto Custa Assinar Todas?

A pergunta que muitos se fazem: quanto custaria assinar todas essas plataformas? Levantamos os preços das assinaturas mensais mais simples, resultando em um total de R$ 203,20. Contudo, optando apenas pelos principais (Netflix, HBO Max, Amazon Prime Video e Globoplay), o custo reduz para R$ 91,60.

Estratégias para Economizar

Apesar do investimento considerável, há alternativas para aliviar o bolso do consumidor. Algumas plataformas oferecem combos conjuntos, como o caso do combo Disney+ e Star+, que sai por R$ 55,90 por mês. Essas parcerias visam proporcionar aos assinantes uma experiência mais acessível, ainda mais em um cenário onde o serviço de streaming Max, integrando Warner Bros. Discovery, está prestes a chegar ao Brasil.

Em resumo, enquanto os preços sobem, a diversidade de opções também aumenta, proporcionando aos usuários uma vasta gama de conteúdo. Estratégias como combos conjuntos e planos mais acessíveis continuam a ser alternativas viáveis para os amantes do streaming que buscam otimizar seus gastos e aproveitar o melhor do entretenimento online.

você pode gostar também