Subestimados? 10 fracassos de bilheteria que fizeram sucesso no streaming

Descubra os filmes que não brilharam nos cinemas mas encontraram sucesso e apreciação nos serviços de streaming.

No mundo implacável das bilheterias, onde cada semana é uma nova batalha por supremacia financeira, muitos filmes lutam mas não conseguem alcançar a glória monetária esperada. Contudo, o advento dos serviços de streaming trouxe uma nova chance de redenção para esses “fracassados” das bilheterias, permitindo que encontrassem seu público e até mesmo alcançassem sucesso pós-cinema. Aqui estão dez exemplos notáveis de filmes que, apesar de não terem brilhado nas bilheterias, encontraram uma nova vida e apreciação nas plataformas de streaming.

Streaming
Créditos: Reprodução

10. O Esquadrão Suicida (2021)

  • Orçamento: US$ 185 milhões
  • Bilheteria: US$ 168,7 milhões

Apesar do talento de James Gunn e um elenco estelar, O Esquadrão Suicida não conseguiu atingir suas metas financeiras nas bilheterias. No entanto, a HBO Max revelou que o filme teve um desempenho excepcional na plataforma, atraindo quase 5 milhões de lares nas primeiras três semanas.

9. O Último Duelo (2021)

  • Orçamento: US$ 100 milhões
  • Bilheteria: US$ 30,6 milhões

Um épico histórico dirigido por Ridley Scott, O Último Duelo lutou para atrair espectadores aos cinemas, mas encontrou um público mais receptivo quando disponibilizado para streaming, ganhando reconhecimento por suas atuações poderosas e narrativa complexa.

8. Lightyear (2022)

  • Orçamento: US$ 200 milhões
  • Bilheteria: US$ 226,4 milhões

Apesar de ter gerado lucro, Lightyear foi considerado um fracasso pela expectativa gerada em torno da marca Pixar. No Disney+, o filme encontrou uma nova audiência, especialmente entre as famílias que buscavam entretenimento em casa.

Leia mais:

7. Matrix Resurrections (2021)

  • Orçamento: US$ 190 milhões
  • Bilheteria: US$ 159,2 milhões

A volta de Neo e Trinity não foi o sucesso de bilheteria esperado, mas Matrix Resurrections se saiu bem no HBO Max, onde muitos fãs optaram por assistir ao filme no conforto de suas casas.

6. Amor, Sublime Amor (2021)

  • Orçamento: US$ 100 milhões
  • Bilheteria: US$ 76 milhões

Apesar da aclamação crítica, a versão de Spielberg de Amor, Sublime Amor teve um desempenho modesto nas bilheterias. Seu sucesso nos streamings, contudo, mostrou que ainda há um grande apetite por musicais clássicos, reimaginados para o público moderno.

5. Mulan (2020)

  • Orçamento: US$ 200 milhões
  • Bilheteria: US$ 69,9 milhões

Mulan enfrentou desafios únicos devido à pandemia, levando a Disney a optar por um lançamento híbrido. Apesar das críticas mistas e da controvérsia, o filme teve um desempenho sólido no Disney+ através do acesso Premier.

4. Mundo Estranho (2022)

  • Orçamento: US$ 180 milhões
  • Bilheteria: US$ 73,6 milhões

A aventura de ficção científica da Disney não conseguiu atrair grandes multidões aos cinemas, mas se tornou um hit no Disney+, encontrando sua audiência entre famílias e fãs de animação em busca de novas histórias.

Streaming
Créditos: Reprodução.

3. Space Jam: Um novo legado (2021)

  • Orçamento: US$ 150 milhões
  • Bilheteria: US$ 163,7 milhões

A sequência de Space Jam teve um retorno financeiro decepcionante, mas graças à sua disponibilidade no HBO Max, conseguiu capturar a atenção de uma nova geração de fãs, bem como de nostálgicos do original.

2. Mulher Maravilha 1984 (2020)

  • Orçamento: US$ 200 milhões
  • Bilheteria: US$ 169,6 milhões

A pandemia impactou significativamente o potencial de bilheteria de Mulher Maravilha 1984, mas o filme teve sucesso como um dos títulos mais assistidos na HBO Max, consolidando a força da personagem no universo DC.

1. Red: Crescer é uma Fera (2022)

  • Orçamento: US$ 175 milhões
  • Bilheteria: US$ 20,7 milhões

A Pixar optou por um lançamento direto no Disney+ para Red: Crescer é uma Fera, um filme aclamado pela crítica que aborda temas de maturidade e identidade cultural. Apesar de seu orçamento elevado, o filme encontrou um vasto público online, provando que os streamings podem ser uma plataforma de sucesso para filmes animados de alta qualidade.

Esses exemplos mostram que, enquanto as bilheterias continuam a ser um indicador importante do sucesso de um filme, os streamings oferecem uma segunda chance para que obras subestimadas brilhem e atinjam o público que merecem.

você pode gostar também