The Chosen: Como a Série de Jesus Conquistou Milhões Sem Hollywood

Você já imaginou uma série sobre a vida de Jesus feita sem o glamour de Hollywood, mas com o coração e a fé de milhões de fãs ao redor do mundo? “The Chosen – Os Escolhidos” é exatamente isso! A primeira série televisiva de múltiplas temporadas sobre Jesus, contada de um jeito que você nunca viu.

FOTO: MIKE KUBEISY/DIVULGAÇÃO

Um Financiamento Coletivo Inédito

Lançada pela mente criativa de Dallas Jenkins, “The Chosen” é um fenômeno de financiamento coletivo. Imagina levantar cerca de US$ 100 milhões (aproximadamente R$ 492 milhões) através do apoio dos espectadores? Isso mesmo! Essa soma incrível cobriu as despesas de produção das quatro temporadas já disponíveis, mostrando o poder da comunidade e da fé no entretenimento.

“The Chosen” não é só mais uma série sobre Jesus. É uma visão única, uma janela para um mundo onde os discípulos, seguidores e até adversários de Jesus são os narradores. Este olhar diferenciado traz um frescor à história que já conhecemos, mas contada de uma forma nunca antes vista.

Com mais de 200 milhões de espectadores únicos desde o lançamento, essa série quebrou barreiras. Não é só uma história para os cristãos, mas uma obra de arte que ressoa com qualquer pessoa que aprecie um bom drama histórico. E não para por aí! As versões para o cinema das temporadas anteriores arrecadaram cerca de US$ 35 milhões nos Estados Unidos.

Leia mais:

FOTO: MIKE KUBEISY/DIVULGAÇÃO

A Jornada de The Chosen

Desde um modesto piloto em 2017 até se tornar um sucesso global, “The Chosen” agora é acessível em plataformas como a Netflix, alcançando ainda mais pessoas. Jonathan Roumie, que interpreta Jesus, captura a essência do personagem com uma habilidade que chamou até a atenção do Papa Francisco!

Diferente de outras produções, “The Chosen” apresenta um elenco diversificado e uma abordagem contemporânea. Por exemplo, o discípulo Mateus é retratado como um homem autista, trazendo uma nova dimensão à narrativa.

O sucesso de “The Chosen” vai além das visualizações. É um projeto que fala ao coração, mostrando um Jesus mais humano e bem-humorado. Dallas Jenkins espera que a série retire Jesus das estátuas e vitrais, trazendo-o para mais perto de nós, de uma forma mais autêntica e tangível.

O Futuro da Série

Com planos de ser dublada e legendada em 600 idiomas, “The Chosen” tem uma visão de alcance global. Jenkins e sua equipe estão determinados a continuar contando essa história de forma que ela possa tocar ainda mais pessoas, independentemente de suas crenças ou origens.

“The Chosen” não é apenas uma série sobre Jesus. É uma jornada de fé, arte e comunidade. Uma obra que transcende barreiras religiosas e culturais, convidando todos a explorar a vida de uma das figuras mais influentes da história de uma maneira totalmente nova. Disponível na Globoplay e na Netflix, essa série está pronta para conquistar seu coração. E aí, preparado para essa experiência única?

você pode gostar também