Roteiro de TV Encontrado No Lixo Vale Uma Verdadeira Fortuna

Em uma reviravolta digna de um episódio de TV, um conjunto de roteiros de uma série icônica, que havia sido descartado em uma lixeira, encontrou seu caminho para um leilão no Reino Unido, alcançando um valor surpreendente de 22 mil libras, cerca de R$ 136 mil.

Foto: Canva

Mas, qual é essa série que ainda consegue cativar e surpreender os fãs anos após seu final?

Prepare-se para uma viagem no tempo, pois estamos falando da inesquecível “Friends“! Esses roteiros, detalhando dois episódios ambientados na romântica Londres e parte do emocionante final da quarta temporada, exibida em 1998, foram descobertos por um ex-funcionário dos estúdios Fountain em Wembley, onde alguns episódios da amada sitcom foram filmados. Os roteiros incluíam esboços e partes que nunca chegaram às telas, tornando-os um verdadeiro achado para os aficionados pela série.

Mas a venda desses roteiros ocorre em um contexto mais amplo, revelando os bastidores de “Friends” com detalhes que vão desde desafios criativos até controvérsias. As revelações de Patty Lin sobre a exaustiva experiência de trabalho e a sabotagem de piadas pelos atores são apenas a ponta do iceberg. Um aspecto mais sombrio dos bastidores veio à tona com as acusações de assédio envolvendo os roteiristas da série.

Em 1999, Amaani Lyle, um ex-assistente, acusou Adam Chase e Gregory Malins de fazer comentários sexuais e raciais inapropriados. Lyle, contratada para acompanhar as reuniões e anotar ideias, se sentiu desconfortável com conversas que incluíam discussões sobre preferências sexuais e fetiches, e até sugestões perturbadoras sobre o personagem Joey, interpretado por Matt Le Blanc.

Você também pode gostar

5 razões pelas quais The Office é melhor que Friends

Leia mais:

Parecer da Justiça

Apesar de Chase, Malins e o produtor Andrew Reich confirmarem o uso de linguagem sexualmente explícita, eles defenderam que isso era parte do processo criativo. O caso de Lyle, que atravessou várias instâncias judiciais, acabou sem uma violação legal confirmada por parte dos roteiristas e do produtor.

Este episódio, junto com as experiências compartilhadas por Lin, pinta um quadro complexo dos bastidores de “Friends”. A série, ainda um marco cultural e um sucesso de público, agora também é vista sob a luz dessas controvérsias e desafios. A venda dos roteiros, assim, não é apenas uma transação de memorabilia, mas um lembrete das muitas camadas e histórias por trás de uma das sitcoms mais queridas e icônicas da televisão.

você pode gostar também