Pedro Pascal QUASE não interpretou Joel em The Last of Us

Quando a adaptação para a televisão do premiado jogo The Last of Us foi anunciada, a maior questão entre os fãs era quem interpretaria o protagonista Joel Miller. Como sabemos agora, o papel acabou indo para Pedro Pascal.

A escolha de Pascal como a figura paterna improvisada que é Joel pareceu perfeita, especialmente considerando que Joel é essencialmente uma versão mais moralmente ambígua de outro papel de sucesso de Pascal, Din Djarin de The Mandalorian.

O que muitos fãs não sabem, no entanto, é que o ator quase não interpretou o personagem! Confira mais detalhes abaixo.

Pedro Pascal como Joel em The Last of Us. Crédito: Reprodução.
Pedro Pascal como Joel em The Last of Us. Crédito: Reprodução.

A escalação de Joel em The Last of Us

Embora Pedro Pascal tenha se provado extremamente adequado para o papel na série da HBO, que ganhou o Emmy, houve um momento em que outro alguém poderia ter ocupado o lugar do protetor e figura paterna de Ellie (Bella Ramsey).

Como em qualquer papel principal em uma propriedade intelectual de alto perfil como The Last of Us, muitos nomes de atores provavelmente entraram no processo de casting.

Os supostos favoritos para o papel antes da escolha de Pascal variaram de pura especulação a conversas preliminares, mas uma escolha, em particular, teria sido muito diferente para Joel em The Last of Us.

Como Pedro Pascal foi escolhido para interpretar Joel?

Pedro Pascal pode não ter sido o primeiro nome a surgir no casting de Joel em The Last of Us, mas ainda estava entre os primeiros considerados.

De acordo com o co-criador da série, Craig Mazin, no podcast “Happy Sad Confused”, houve um momento em que a escolha de Pascal como Joel não parecia possível.

Inicialmente, foi dito a Mazin que Pascal não estava disponível, o que faz sentido considerando o status de superestrela do ator após “Game of Thrones” e “The Mandalorian”.

No entanto, a sorte pareceu estar a favor de Mazin. Ele logo recebeu uma ligação dizendo que Pascal poderia estar disponível, e está claro que isso acabou sendo perfeito para o show. Mazin elogiou Pascal e suas interações iniciais de casting com as seguintes declarações:

“Normalmente, quando você envia roteiros para atores assim, você tem sorte se eles lerem em um mês. Ele estava na Inglaterra na época trabalhando em um filme e eu pensei que entre o filme e a diferença de fuso horário, isso levaria uma eternidade… Foi amor à primeira vista, e ele foi imediatamente perspicaz”, comentou o showrunner.

Leia mais:

Pedro Pascal é o eterno Joel em The Last of Us

O entusiasmo foi mútuo, já que Pascal claramente se apaixonou pelo papel (embora aparentemente tenha esquecido brevemente que foi escolhido depois de tomar um pouco de Ambien).

De acordo com o próprio Pascal, o ator ficou “impressionado” com o roteiro e ainda olha com carinho para o papel.

Embora ele não tenha conseguido jogar o jogo ele mesmo, Pascal conseguiu capturar perfeitamente a essência de um icônico personagem de videogame, e é um papel que ele está preparado para reprisar na próxima temporada de The Last of Us.

Pedro Pascal em The Last of Us. Crédito: Reprodução.

Matthew McConaughey como Joel em The Last of Us?

Na mesma entrevista, Craig Mazin também revelou que outro grande nome estava na corrida pelo papel de Joel na série The Last of Us.

Estamos falando sobre o vencedor do Oscar Matthew McConaughey, um favorito frequente dos fãs para o papel muito antes de Pascal ser escolhido.

O sotaque sulista do astro de “Dazed and Confused” e sua propensão para interpretar figuras paternas preocupadas, como em “Interstellar”, certamente o tornam uma escolha inspirada, mesmo com o quão bom Pascal acabou sendo no papel.

Embora McConaughey fosse uma opção desejável, Mazin também revelou que as conversas sobre o casting de McConaughey foram preliminares e iniciais, e ele está feliz por terem escolhido Pedro.

A 2ª temporada de The Last of Us estreia no HBO Max ainda em 2024.

você pode gostar também