A cena íntima mais nojenta de todos os tempos no cinema tem nome

O ator Jacob Elordi, conhecido por seus papéis marcantes, recentemente compartilhou sua satisfação em participar de uma cena ousada no trailer de “Saltburn”. Em uma entrevista à Variety, Elordi discutiu abertamente sobre a peculiaridade da cena, que envolve interações inusitadas com Barry Keoghan. O filme, elogiado em festivais, promete desafiar normas cinematográficas e está programado para estrear no Amazon Prime Video em 22 de dezembro.

As declarações dos atores revelam uma abordagem descontraída em relação a uma cena que certamente deixará uma marca duradoura na memória dos espectadores.

O ator Jacob Elordi, conhecido por seus papéis marcantes, recentemente compartilhou sua satisfação em participar de uma cena ousada no thriller psicológico "Saltburn".
Filme (FreePik/Reprodução)

Ousadia cinematográfica: Jacob Elordi orgulhoso de cena polêmica em “Saltburn”

O renomado ator Jacob Elordi, conhecido por seus papéis marcantes, recentemente compartilhou seu orgulho em participar de uma cena ousada e inusitada no novo trailer de “Saltburn”. Em entrevista à Variety, Elordi revelou detalhes sobre a cena que tem causado alvoroço entre os espectadores.

Um estudante obsessivo dos anos 2000

No filme, Elordi interpreta Oliver Quick, um estudante dos anos 2000, cuja trama se desenrola em torno de uma paixão obsessiva por um colega aristocrático. A narrativa promete explorar os limites psicológicos e emocionais dos personagens, criando uma experiência intensa para o público.

A cena controversa

No centro da controvérsia está uma cena ousada em que Barry Keoghan, que interpreta Felix Catton, testemunha a personagem de Elordi, Felix Catton, se masturbando em uma banheira. O clímax da cena ocorre quando Keoghan realiza um ato inusitado ao lamber o sêmen do personagem de Elordi ao redor do ralo.

Orgulho e brincadeiras nos bastidores

Ao abordar a cena, Elordi expressou seu orgulho, brincando sobre a experiência única. “Eu estava tipo, ‘Graças a Deus, é meu’”, disse o ator. As declarações revelam uma abordagem descontraída em relação a uma cena que certamente deixará uma marca duradoura na memória dos espectadores.

A reação de Barry Keoghan

No entanto, a experiência não foi unânime entre os colegas de elenco. Barry Keoghan, ao responder à situação, brincou sobre a estranheza nos bastidores. “Ele não me responde mensagens ou ligações. É tão estranho. Ele está fingindo que gosta de mim. É estranho, cara”, comentou Keoghan, adicionando um toque de humor à dinâmica dos bastidores.

Estreia e reconhecimento

Apesar da polêmica, “Saltburn” tem recebido elogios e prêmios em festivais cinematográficos, gerando expectativa para sua estreia no Amazon Prime Video em 22 de dezembro. O filme promete desafiar as convenções e oferecer uma experiência cinematográfica única aos espectadores.

A ousadia de Jacob Elordi e Barry Keoghan em “Saltburn” não apenas eleva a narrativa do filme, mas também destaca a coragem dos artistas em explorar territórios desconhecidos em prol da arte cinematográfica. O público aguarda ansiosamente para testemunhar essa ousada jornada emocional quando o filme chegar às telas.

Mais sobre o ator Barry Keoghan

Nascido em Dublin em 18 de outubro de 1992, Barry Keoghan é um talentoso ator irlandês, reconhecido por sua atuação premiada com o BAFTA e seus papéis destacados em filmes independentes e de grande sucesso. Além de sua notável carreira cinematográfica, Keoghan desempenha o papel de embaixador da Dior.

Seu impacto na indústria cinematográfica irlandesa foi destacado em 2020, quando foi classificado como o 27º maior ator de cinema da Irlanda pelo Irish Times. Em 2023, conquistou o prêmio BAFTA de Melhor Ator Coadjuvante por sua excepcional atuação em “The Banshees of Inisherin”, obtendo também sua primeira indicação ao Oscar e ao Globo de Ouro.

você pode gostar também