As 10 piores coisas que o Homem de Ferro fez no MCU

O Homem de Ferro é um ícone do MCU, mas até os heróis têm seus momentos sombrios. Algumas atitudes de Tony Stark nos filmes da Marvel foram um tanto quanto problemáticas!

Na matéria abaixo, vamos mostrar os aspectos menos heroicos de Tony Stark, um personagem complexo que, apesar de suas ações heroicas, também cometeu atos questionáveis, às vezes acidentalmente, mas frequentemente por escolha própria.

Conheça as 10 piores coisas que o Homem de Ferro fez no MCU. Crédito: Reprodução.
Conheça as 10 piores coisas que o Homem de Ferro fez no MCU. Crédito: Reprodução.

Negligenciou Pepper Potts

No início do Universo Cinematográfico Marvel (MCU), Tony Stark, também conhecido como Homem de Ferro, muitas vezes tratou Pepper Potts, sua assistente e interesse amoroso, com indiferença e falta de respeito.

Sua atitude inicial com ela refletia uma falta de apreciação por sua dedicação e trabalho duro, subestimando o papel essencial que ela desempenhava em sua vida pessoal e profissional.

Capitão América e Homem de Ferro. Reprodução.

Tratou o Capitão América com desprezo

Tony Stark frequentemente demonstrou um ar de desprezo pelo Capitão América, Steve Rogers. Essa tensão era evidente em suas interações, onde Stark muitas vezes menosprezava o idealismo e a postura moral de Rogers.

Embora ambos fossem heróis lendários no MCU, a arrogância de Stark frequentemente entrava em conflito com os valores e princípios do Capitão América, criando um abismo entre os dois.

Aldrich Killian. Reprodução.

Homem de Ferro ignorou Aldrich Killian

Em Homem de Ferro 3, a negligência de Stark em relação ao cientista Aldrich Killian teve consequências devastadoras. Ao ignorar Killian e sua pesquisa promissora, Stark indiretamente criou um vilão.

A falha em reconhecer o potencial de Killian e em lidar com ele de forma responsável acabou sendo um dos maiores erros de Stark, contribuindo para a ascensão de um novo inimigo.

Soldado Invernal e Homem de Ferro. Reprodução.

Não confiou em Bucky Barnes

Na trama de Capitão América: Guerra Civil, a relutância de Stark em confiar no Capitão América sobre a inocência de Bucky Barnes foi um ponto crítico.

Sua teimosia em não acreditar na defesa de Rogers por Bucky quase permitiu que o plano sinistro de Baron Zemo se realizasse. Essa falta de fé em seu companheiro Vingador quase custou caro para todos eles.

Mandarim no MCU. Reprodução.

Provocou o Mandarim

Em um ato impulsivo e arrogante, Stark desafiou publicamente o Mandarim ao revelar seu endereço na TV.

A provocação, vale lembrar, quase resultou na morte de Pepper Potts e na destruição de sua casa, demonstrando uma falta de previsão e responsabilidade que poderia ter tido consequências fatais.

Acordos de Sokovia. Reprodução.

Homem de Ferro apoiou os Acordos de Sokovia

A decisão de Stark em apoiar os Acordos de Sokovia em Capitão América: Guerra Civil foi controversa no MCU.

Ao defender os acordos, ele transformou vários dos Vingadores em fugitivos e pareceu agir friamente, sem levar em consideração o passado compartilhado e os laços de amizade entre os heróis.

Leia mais:

Cena de Homem de Ferro 2. Reprodução.

Perigo no aniversário!

No filme Homem de Ferro 2, a irresponsabilidade de Stark foi destacada durante sua festa de aniversário.

Completamente embriagado, ele usou sua armadura para realizar truques perigosos, colocando em risco a vida dos convidados.

O comportamento imprudente representa um exemplo claro de como o poder e a tecnologia nas mãos erradas podem ser perigosos.

Homem-Aranha e Homem de Ferro. Reprodução.

Recrutou um adolescente para os Vingadores

O plano de Stark em recrutar Peter Parker, o Homem-Aranha, para os Vingadores em Capitão América: Guerra Civil foi altamente questionável e problemático.

O Homem de Ferro colocou o jovem adolescente em uma situação de vida ou morte, apesar de saber que Parker ainda estava em fase de formação e desenvolvimento, tanto como super-herói quanto como pessoa.

Homem de Ferro. Reprodução.

Construiu sua fortuna com a guerra

Antes de se tornar o Homem de Ferro, Tony Stark construiu sua fortuna através da produção de armas, contribuindo indiretamente para conflitos e mortes.

Esta parte de sua vida, antes de sua transformação em um herói, mostra como suas ações tiveram um impacto negativo significativo no mundo.

Ultron. Reprodução.

Homem de Ferro criou Ultron

A criação de Ultron em Vingadores: Era de Ultron foi, sem dúvida, o maior erro de Tony Stark no MCU.

Sua tentativa de criar uma inteligência artificial para proteger a Terra acabou gerando uma entidade que decidiu que a melhor maneira de cumprir esse objetivo seria a destruição da humanidade.

O ato reflete a arrogância e a falta de previsão de Stark, resultando em uma das maiores ameaças que os Vingadores enfrentaram.

Todos os filmes do MCU, incluindo os do Homem de Ferro, estão disponíveis no Disney+.

você pode gostar também