3ª temporada de Jujutsu Kaisen: SPOILER!

A 3ª temporada de Jujutsu Kaisen foi confirmada, explorando o intrigante arco “Jogo do Abate” do mangá. O estúdio MAPPA, responsável pela animação, anunciou o retorno da série mediante um teaser, revelando cenas do mangá e a participação crucial de Yuta Okkotsu.

Apesar da produção continuar, a data de lançamento ainda não foi confirmada. Neste novo arco, os protagonistas Yuji Itadori e Megumi Fushiguro enfrentarão o desafiador Jogo do Abate, uma guerra civil com regras complexas que testam a sobrevivência dos participantes.

Jujutsu Kaisen (Foto: Reprodução/Crunchyroll)

Jujutsu Kaisen: 3ª temporada explorará o intenso arco “Jogo do Abate”

O mundo de Jujutsu Kaisen está prestes a se aprofundar ainda mais com a confirmação de que a tão aguardada 3ª temporada mergulhará no intrigante arco “Jogo do Abate”. O estúdio de animação japonês MAPPA, responsável pelo sucesso do anime, divulgou um teaser que não apenas anunciou o retorno significativo da série, mas também revelou cenas do mangá, indicando o protagonismo de Yuta Okkotsu, personagem central do filme prequela. Confira o teaser a seguir:

Uma nova fase começa

Com o encerramento da segunda temporada, os fãs podem celebrar a confirmação de que a narrativa seguirá para o arco “Jogo do Abate”. Este arco, originado no mangá de Gege Akutami, promete trazer uma narrativa extensa e envolvente, abrangendo toda a terceira temporada. No entanto, a data de lançamento permanece um mistério, dada a intensa agenda do estúdio MAPPA para 2024.

Enquanto aguardamos ansiosamente, é possível assistir à série de anime e o filme “Jujutsu Kaisen Zero” no Crunchyroll, proporcionando uma dose de entretenimento enquanto esperamos pela próxima fase.

Jogo do Abate: Desvendando o enigma do arco

O “Jogo do Abate” emerge como o arco atual no mangá de Jujutsu Kaisen, gerando entusiasmo e perplexidade entre os leitores devido à sua trama intricada e regras complexas. Yuji Itadori e Megumi Fushiguro adentram as barreiras para se tornarem jogadores, iniciando um desafio repleto de perigos. Mas, o que impulsiona esse jogo sinistro?

Fim do arco de Shibuya: Revelações cruciais

O término do arco de Shibuya proporcionou revelações cruciais, destacando a verdade sobre Geto e a ascensão de Kenjaku, um cérebro amaldiçoado que visa alcançar seus objetivos nefastos. A evolução de Mahito desempenha um papel fundamental, preparando o cenário para Kenjaku realizar sua próxima empreitada: transformar os humanos em feiticeiros jujutsu através da Transfiguração Ociosa.

Leia mais:

Origens do Jogo do Abate

Kenjaku, valendo-se da energia amaldiçoada e da técnica de Geto, lança um feitiço pelo Japão, concedendo técnicas amaldiçoadas às pessoas comuns. O Jogo do Abate é desencadeado, criando uma espécie de guerra civil amaldiçoada, onde participantes são forçados a matar uns aos outros para acumular energia negativa necessária à evolução.

Visual do arco “Jogo do Abate (Culling Game)” (Foto:Reprodução/Twitter Otakus Brasil)

Regras complexas

O próprio jogo decide o que é aceitável ou não através dos Koganes, entidades com a aparência de “abelhas” que servem como canais de comunicação entre os jogadores e o próprio jogo. Participantes têm 19 dias para declarar sua intenção de participar, enquanto quebrar essa regra resulta em morte. Pontuações são obtidas mediante assassinatos, sendo 1 ponto para não-feiticeiros e 5 para feiticeiros.

Estratégias e novos personagens

Competidores acumulam pontos para inserir novas regras, introduzindo dinâmicas intrigantes no jogo. Personagens conhecidos, como Yuji e Megumi, buscam somar 100 pontos para implementar uma regra crucial relacionada à técnica amaldiçoada. O arco também introduz novos participantes, prometendo reviravoltas e desafios emocionantes.

A narrativa complexa do “Jogo do Abate” promete cativar os fãs de Jujutsu Kaisen, proporcionando uma experiência intensa e repleta de reviravoltas. Aguardamos ansiosos pelo retorno da série, enquanto o universo do anime se expande com mais mistérios a serem desvendados.

você pode gostar também